Pesquize em toda a Web

Segundo Fipe Zap, preços de imóveis no país voltam a desacelerar

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

alta nos preços dos imóveis perdeu força pelo décimo mês consecutivo em setembro. Na comparação com agosto, o preço do metro quadrado subiu 0,55% na média das 20 cidades pesquisadas, segundo pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Em São Paulo e no Rio de Janeiro, no entanto, o preço do metro quadrado teve queda real, segundo a Fipe. Isso porque a alta registrada em setembro foi de 0,4% – abaixo dos 0,43% da inflação esperada para o mês.



“Como os preços subiram muito, é natural que a expansão seja interrompida ou que os valores subam menos. Além disso, o mercado de trabalho não está bom, o crédito desacelerou e a taxa de juros de aumentou. Tudo isso impacta o mercado imobiliário”, explica Bruno Oliva, economista da Fipe.

Apesar da desaceleração dos preços nas duas maiores cidades do país, Rio de Janeiro e São Paulo ainda têm o metro quadrado mais caro entre os locais pesquisados – R$ 10.793 e R$ 8.277, respectivamente. Os dois municípios que apresentaram os menores preços foram Contagem (R$ 3.316) e Goiânia (R$ 3.964).

No conjunto dos 20 municípios, a alta acumulada no preço do metro quadrado no ano é de 5,4%. Considerando os 12 últimos meses, a variação acumulada é de 9,16%. Em novembro de 2013, por exemplo, o índice foi de 13,8%.

O preço médio do metro quadrado das 20 cidades analisadas pela pesquisa é de R$ 7.452.




0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP