Pesquize em toda a Web

Preço do aluguel em BH sobe mais do que a inflação

terça-feira, 26 de novembro de 2013


Quanto mais popular, maior é o reajuste do imóvel


Na capital. Em outubro, quanto mais populares os imóveis, maior foi o aumento no valor do aluguel

A oferta de imóveis para alugar nunca cresceu tanto. No acumulado dos últimos 12 meses, a quantidade de imóveis para locação cresceu 62,01%, a maior taxa de crescimento, pelo menos nos últimos dois anos, segundo pesquisa da Câmara do Mercado Imobiliário e Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário de Minas Gerais (CMI/Secovi). Mesmo assim, os preços não caíram. Aliás, ficaram 6,35% mais caros no mesmo período. A inflação subiu 5,53%.

O vice-presidente da CMI/Secovi, Fernando Júnior, explica que, apesar da alta, os preços estão subindo muito menos. “O aluguel não cai porque, mesmo com a oferta maior, tem muita demanda. E, se formos comparar, veremos que trata-se apenas de recomposição das perdas da inflação”, afirma. O aumento, que em outubro deste ano foi de 6,35%, em outubro de 2011 foi 10,49%. E, em outubro do ano passado, foi de 8,15%.

“Os preços estão caminhando para a estabilidades. Não vai ficar mais barato porque, se há demanda, o imóvel não encalha”, avalia Júnior. O reflexo da demanda pode ser visivelmente visto no custo. Quanto mais popular, maior é o aumento do aluguel. O que mais subiu foram os barracões, que subiram 1% em relação a setembro. Por tipos de bairros, enquanto o aumento do aluguel foi de 0,53% no popular, no luxo f de 0,19%.

Sobre a oferta, Júnior esclarece que ela cresceu devido à conclusão de construções iniciadas em 2010. Naquele ano, a Prefeitura de Belo Horizonte alterou a Lei de Uso e Ocupação do Solo para incentivar a construção de hotéis para a Copa e diminuiu o potencial construtivo de empreendimentos residenciais. E as construtoras correram para aprovar projetos residenciais, que só agora estão ficando prontos.

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP