Pesquize em toda a Web

Locação cresce 24% e venda de imóveis usados cai 18,4% em SP

terça-feira, 24 de abril de 2012

O mês de janeiro apresentou alta no aluguel de imóveis usados, mas as vendas registraram baixa no Estado de São Paulo, segundo pesquisa feita com 1.441 imobiliárias de 37 cidades pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Crecisp). O número de imóveis alugados em janeiro foi 24,11% maior que o de dezembro, mas as vendas de imóveis usados recuaram 18,37%.

"A locação de casas e apartamentos historicamente cresce em janeiro, impulsionada pelo movimento de famílias que decidem se mudar aproveitando as férias escolares e também pelos estudantes que precisam alugar moradia em cidades que têm faculdades e universidades", explica José Augusto Viana Neto, presidente do Crecisp. "Com as vendas costuma acontecer o contrário, com procura em baixa exatamente porque os potenciais compradores têm outras preocupações nesse período", acrescenta.

Foram alugados em janeiro 3.867 imóveis, dos quais 2.049 eram casas (52,99% do total) e 1.818 eram apartamentos (47,01%). O índice estadual de locação cresceu 24,11%, passando de 2,1622 em dezembro para 2,6836 em janeiro, impulsionado especialmente pelo bom desempenho desse mercado em duas das quatro regiões que compõem a pesquisa Crecisp.

O número de imóveis alugados em janeiro nas cidades de Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Guarulhos e Osasco foi 51,97% superior ao de dezembro. No Interior, o crescimento foi de 30,39% e no Litoral, de 24,61%. Na Capital, houve alta modesta, de 0,95%.

O índice estadual de vendas recuou de 0,7651 em dezembro para 0,6246 em janeiro, uma queda de 18,37%. Os compradores preferiram os apartamentos às casas. Foram 51,33% de total vendido de apartamentos e 48,67% de casas.

Houve queda de vendas na Capital (- 46,06%) e no Interior (-25,72%) e alta no Litoral (+ 14,02%) e na região do A, B, C, D, Guarulhos e Osasco (+ 7,1%).

O Índice Estadual de Preços de Imóveis Usados Residenciais do Crecisp registrou em janeiro queda de 5,20% em relação a dezembro. O Índice Crecisp é composto pela média de preços de imóveis vendidos e de novos aluguéis contratados no estado. Em janeiro, foram considerados preços de venda e de locação de 4.071 imóveis pesquisados nas 37 cidades, incluída a Capital.

Aluguéis diferenciados
Os aluguéis das novas locações contratadas em janeiro dividiram-se entre quatro faixas de valor, nas quatro regiões componentes da pesquisa Crecisp. No Interior, 55,81% dos imóveis alugados têm aluguel mensal de até R$ 800. No Litoral, esse limite sobe para até R$1.000, concentrando 68,24% dos novos aluguéis.

Na região formada pelas cidades do A, B, C, D, Guarulhos e Osasco, 57,75% das locações realizadas em janeiro tinham aluguel mensal superior a R$1.000. E na Capital, aluguéis de até R$1.200 mensais representaram 57,42% do total de locações feitas pelas imobiliárias pesquisadas.

O fiador continua sendo a forma dominante de se dar garantia ao proprietário dos imóveis. Foi essa a opção preferencial adotada na Capital (43,28%), no Interior (83,28%), no Litoral (49,12%) e nas cidades do A, B, C, D, Guarulhos e Osasco (40,24%).

As 1.441 imobiliárias pesquisadas pelo CRECISP registraram aumento de 16,48% no número de inquilinos com pagamento do aluguel atrasado. Os inadimplentes eram 3,52% do total de contratos em vigor em dezembro e passaram a 4,10% em janeiro.

A pesquisa encontrou em Americana o menor valor de aluguel em Janeiro - R$ 150 por casa de um dormitório - e em São José dos Campos o maior - R$ 7.500 por apartamento de 4 dormitórios.

Usados mais vendidos
A pesquisa Crecisp apurou que em janeiro os imóveis usados mais vendidos na Capital foram aqueles de valor médio superior a R$ 200 mil, com 77,48% do total. Essa foi também a faixa de preço em que mais se fecharam negócios na região do A, B, C, D, Guarulhos e Osasco, com 61,08% dos contratos assinados nas imobiliárias consultadas.

No Interior, 52,23% das vendas foram de casas e apartamentos com valor médio de até R$ 160 mil. No Litoral, 54,63% dos contratos envolveram imóveis com valor médio até R$ 180 mil.

O financiamento bancário respondeu pela maioria das vendas em janeiro no Estado, mas em duas das quatro regiões viveu situação de "empate técnico" com as vendas feitas à vista. Na Capital, 47,37% das vendas tiveram financiamento da Caixa Econômica Federal (CEF) e de outros bancos e 46,71% das casas e apartamentos foram vendidos com pagamento à vista.

No Litoral, foram 44,59% à vista e exatamente o mesmo percentual das vendas com financiamento bancário, somado os créditos da CEF e demais bancos.

No Interior, as vendas por meio de financiamento bancário (54,46%) superaram as feitas com pagamento à vista (43,38%). A mesma situação se repetiu na região do A, B, C, D, Guarulhos e Osasco - 64,17% com financiamentos bancários e 33,69% à vista. Em todas as quatro regiões, consórcios e pagamento parcelado aos proprietários dos imóveis tiveram participação marginal nas vendas de Janeiro. A pesquisa foi realizada em 37 cidades do Estado de São Paulo: Americana, Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Diadema, Guarulhos, Franca, Itu, Jundiaí, Marília, Osasco, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Rio Claro, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Taubaté, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião, Bertioga, São Vicente, Peruíbe, Praia Grande, Ubatuba, Guarujá, Mongaguá e Itanhaém.(MonitorMercantil)

2 comentários:

Christiane Ávila,  25 de abril de 2012 16:42  

Oi!! Meu marido e eu estamos pensando em alugar um novo apartamento, trocar de bairro. Estamos procurando por novos imóveis no Rio de Janeiro para alugar. Você conhece algum site de imobiliária para indicar? Estamos usando bastante o Imóvel Vip mas queríamos ter outro, para comparar os preços:

http://imovelvip.com.br/

Obrigada! Muito legal o seu blog, voltarei mais vezes. Bjos! ^^

Joel Francischetti 25 de abril de 2012 17:04  

Ola Christiane

Sugiro procurar tanbem nos sites www.vivareal.com.br ou www.zap.com.br

abraço

Blog

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP