Pesquize em toda a Web

Crédito habitacional com recursos da poupança deve crescer 30% em 2012

quarta-feira, 7 de março de 2012

Em 2012, a oferta de crédito habitacional com recursos da poupança dever crescer 30%, segundo levantamento do Secovi-SP (Sindicato da Habitação).

De acordo com o estudo o País possui elevado potencial de consumo interno. De modo geral, estima-se que o mercado imobiliário brasileiro cresça entre 3,3% a 3,5% neste ano.

Para este ano, o governo aposta na aproximação do índice de inflação com as metas estabelecidas, e com a redução da taxa básica de juros, a Selic, nos próximos meses.

Mercado imobiliário de SP em 2011
Em 2011, o financiamento habitacional representou aproximadamente 63% do valor do imóvel, ou seja o comprador investiu em recursos próprios 37% do valor total do imóvel.

Os recursos da cardeneta de poupança apresentaram crescimento de 42% frente a 2010. O montante foi responsável pelo financiamento de 493 mil unidade financiadas na cidade de São Paulo, um crescimento de 17% sobre as 421 mil unidades financiadas um ano antes.

Já nos recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), houve crédito de R$ 34,2 bilhões, com aumento superior a 22% frente a 2010 (R$ 27,9 bilhões). Com o recurso foram financiados 550 mil contratos em 2011, 22% a mais que em 2010.

Segundo a Abecipe (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança), a carteira de crédito está extremamente saudável, o índice de inadimplência foi o mais baixo em oito anos, fechando em 2% em 2011.(Infomoney)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP