Pesquize em toda a Web

SPE lança Novidades no mercado imobiliário do Piauí. Confira!

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

O boom de construções no Brasil passa a ser a principal novidade no mercado imobiliário mundial e o País se transformará, este ano, no segundo lugar mais atraente para investidores estrangeiros, superando a China e toda a Europa. O crescimento positivo do setor favorece também o crédito imobiliário, que este ano apresentará um volume de cerca de R$ 152 bilhões, segundo projeções divulgadas pelo Sindicato da Construção Civil – SINDUSCON.


E por estar situado numa parcela da economia que parece não desvalorizar, o bom momento pelo qual passa a construção civil impulsionou o surgimento em Teresina de uma nova modalidade de investimento em imóveis: a Sociedade de Propósito Específico (SPE), um tipo de investimento imobiliário em grupo. Esta é constituída por investidores que se reúnem com o objetivo de captar um valor suficiente para subsidiar a construção de um grande empreendimento e em seguida lucrar com a venda das unidades habitacionais ao consumidor final.

Por meio dessa sociedade, a Cilp Imóveis, empresa idealizadora da SPE como produto de investimento, atua como facilitadora, proporcionando a participação das pessoas em modalidades de investimentos que antes eram resguardados apenas para grandes investidores, construtoras e incorporadoras.


“Para investir na SPE, o investidor entra como sócio. O terreno fica em nome da Sociedade, que abre uma conta bancária para receber os recursos para a construção. Essa mesma conta receberá os recursos resultantes da venda das casas para rateio proporcional à quantidade de cotas adquiridas. A rentabilidade projetada do investimento é de 2,2% a 2,8 % ao mês, em até 18 meses. O lucro nessa modalidade ocorre porque o custo da construção é bem inferior ao valor da venda, ou seja, a valorização do metro quadrado não é necessária para se obter o retorno. Nesse formato de investimento, todos são donos e não clientes e o cotista sabe o quanto vai ser gasto do início ao fim da obra”, explica Rafael Dias, arquiteto e coordenador técnico das operações imobiliárias da Cilp Imóveis.

Como funciona a SPE
A SPE é formada por investidores que se reúnem para lucrarem de forma igual na construção de imóveis. O lucro dos participantes é oriundo da venda do imóvel ao consumidor final. Cada investidor participa da sociedade por meio da aquisição de cotas, cujos valores são definidos no início da operação. A SPE é constituída formalmente através de contrato social e CNPJ.


Os investidores, que são sócios no projeto, adquirem as cotas disponíveis através do depósito de recursos em uma conta aberta em nome da SPE. Com a integralização dos recursos, é comprado o terreno onde é construído o empreendimento. Depois de construído o empreendimento são realizadas as vendas das unidades habitacionais. Os recursos obtidos com as vendas retornam à conta bancária e são distribuídos entre os investidores, de acordo com o percentual de cotas de participação dos mesmos.

Empreendimentos da SPE
O primeiro produto da SPE em Teresina é um condomínio de casas que está em fase de construção na zona Leste da capital, o Jardim Botânico, composto por 10 casas de 180m² localizado no bairro Morros, próximo ao buffett San Michel. As casas possuem uma estrutura inovadora que agregam valor e qualidade de vida. “O projeto já é um sucesso. É uma forma de as pessoas físicas participarem de uma realidade bastante confortável e que, atualmente, grande parte das construtoras vem usufruindo”, destaca o arquiteto Rafael Dias.


No condomínio Jardim Botânico, que iniciou em novembro de 2011 com previsão de entrega de 12 meses, foi utilizado o sistema idealizado de cotas, no qual o investidor podia comprar desde uma cota à quantidade máxima permitida por projeto. Nesse condomínio, a cota valia R$ 10.500,00 e 60% das casas foram vendidas nas primeiras semanas.

Os teresinenses aprovaram a ideia da Sociedade de Propósito Específico, tanto que a Cilp já lançou a segunda edição da SPE. A empresa está na fase de intregralização de recursos para a SPE 2, cujo produto final é um condomínio de 30 casas de 160 m², também na zona Leste da cidade. Nesse empreendimento são 270 cotas de R$ 19.500,00.


A CILP
O Grupo Cilp, pioneiro no ramo de investimentos para pessoas físicas em Teresina, foi fundado em 2008, sendo composto por empresas com atividades complementares, capazes, em conjunto, de oferecer as melhores soluções para os investimentos e negócios de seus clientes.

A ideia geral é fomentar e proporcionar negócios lucrativos para os clientes, com a grande vantagem de a própria rede de quase 3.000 clientes cadastrados ter potencial de fazer surgirem com mais facilidade as oportunidades. Exemplo disso é a mais recente empresa do Grupo, a Cilp Imóveis, que já surge para ser a imobiliária responsável pela coordenação das vendas das casas da SPE 2. A Cilp Imóveis já surge com uma carteira significativa de imóveis que clientes do próprio grupo disponibilizaram para venda. Todas as informações sobre a empresa podem ser adquiridas no endereço eletrônico www.cilp.com.br.





(PortalAZ/redação)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP