Pesquize em toda a Web

Casa própria: financiamento é boa opção, mas será que não dá para ser à vista?

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

A renda da população brasileira está crescendo e o crédito imobiliário nunca esteve tão acessível. O sonho de finalmente conquistar a casa própria pode se tornar realidade. Mas isso não quer dizer que não é preciso organização, planejamento e comprometimento para chegar até o fim sem se atrapalhar.

De acordo com o educador financeiro Reinaldo Domingos, a falta de educação financeira e a nossa cultura de sempre consumir e nunca poupar fazem com que o financiamento seja sempre a única alternativa para adquirir uma casa própria. Ao optar pelo financiamento, porém, é preciso entender que existem juros que, somados ao longo do contrato, podem significar o pagamento de duas até três casas.

Se essa for realmente a sua opção, o educador explica que o financiamento é uma alternativa melhor do que ficar pagando aluguel, por exemplo. Pelo menos você está pagamento mensalmente as parcelas de algo que um dia será seu.

Por outro lado, se a pessoa não paga aluguel, ao invés de entrar em um financiamento, ela pode ir investindo um valor mensal, correspondente ao valor das prestações do financiamento, em qualquer tipo de investimento conservador. Assim, em alguns anos, poderá comprar a casa à vista, evitando o pagamento de juros.

“É preciso entender que o dinheiro aplicado rende juros, enquanto que o financiamento se paga juros”, diz Domingos.

Passo a passoVeja alguns passos, elaborados por Domingos, para se adquirir uma casa própria:

  • Reúna a família e converse sobre este tema, definindo o lugar, valor e as reais condições que se encontram;
  • O melhor caminho para adquirir é poupar parte do dinheiro que se ganha. Faça uma simulação em qualquer banco de quanto custaria a prestação deste imóvel e comece um investimento conservador como poupança, CDB ou tesouro direto;
  • Analise o valor do aluguel que está pagando e se for o mesmo valor da prestação de um financiamento, poderá ser uma opção financiar o imóvel;
  • Lembre-se de que o financiamento de um imóvel é uma considerável dívida de valor, por isso, deve ser protegida e garantida antes de sair pagando as despesas mensais;
  • Cuidado com o valor do imóvel que comprará e veja se o seu valor se encaixa ao seu verdadeiro padrão de vida. Muitas vezes, não respeitamos nosso padrão;
  • Tenha sempre uma reserva estratégica para, em caso de qualquer eventualidade, não deixar de honrar este importante compromisso;
  • Caso não esteja conseguindo pagar a prestação da casa própria, é preciso rever imediatamente os gastos, em especial as pequenas despesas, que, somadas, podem levar uma família ao desequilíbrio financeiro. (Infomoney)

2 comentários:

Sandro 23 de fevereiro de 2012 11:48  

Acho que depende muito de como as pessoas administram suas finanças. A casa própria é um grande sonho, porém, a maioria da população é assalariada e não pode abrir mão da maior parte da renda com outras necessidades.

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP