Pesquize em toda a Web

Setor imobiliário cresce 15% em oito meses em João Pessoa

quinta-feira, 3 de novembro de 2011


Diferente de outras capitais que apresentaram retração, o setor imobiliário da Grande João Pessoa continua em ritmo de crescimento, com alta de 15% no faturamento entre janeiro e agosto deste ano sobre o mesmo período de 2010.
Somente nos oito meses deste ano, o valor de apartamentos financiados na capital já ultrapassou R$ 1 bilhão, segundo dados consolidados pelo tecnólogo em negócios imobiliários do Sindicato da Indústria da Construção Civil de João Pessoa (Sinduscon-JP), Fábio Henriques.
Já em algumas capitais do Sudeste já houve forte queda este ano nos financiamentos de imóveis novos, como foi o caso da capital paulista, que registrou no primeiro semestre retração de 31,3% em relação a igual período do ano passado.
O número de imóveis financiados na Grande João Pessoa passou de 3,847 mil nos oito meses deste ano, média de 480 financiamentos por mês, com taxa de velocidade de vendas atingiu 8,68% do estoque de novos imóveis. Taxa acima de 5 é considerada boa pelo mercado. Atualmente, as construtoras têm 5,5 mil novos imóveis. A média de preço dos imóveis vendidos no período atingiu R$ 270 mil.
Até o final deste ano, a estimativa é que as negociações fiquem em torno de R$ 1,8 bilhão. “Diferente de outras capitais do país, que já começam a sentir o setor desacelerando, na Paraíba, a construção civil continua crescendo e o faturamento do ano deve ser de R$ 1,8 bilhão, podendo chegar a R$ 2 bilhões”, estima Henriques.
Em 2010, o volume de financiamento praticamente dobrou, chegando a R$ 1,435 bilhão alcançados com a venda de 5,787 mil apartamentos na Grande João Pessoa, alta expressiva de 92,77% sobre o ano anterior. Com base mais alta, caso chegue aos R$ 2 bi este ano em financiamento até dezembro, o crescimento será menor (39%).
Para o consultor, do valor total negociado em imóveis, cerca de 70% foi fruto de financiamentos realizados direto com as construtoras. Os outros 30% foram financiados diretamente com instituições bancárias. “A construção civil continua crescendo em João Pessoa tanto pela qualidade dos empreendimentos, quanto pela ampliação do acesso ao financiamento”, ressaltou.

Para o empresário da construção civil, Waldemir Andrade, o setor continua em alta na capital paraibana por causa do período de estagnação pelo qual o mercado passou há alguns anos. “O crescimento da construção civil aqui em João Pessoa é diferente de outras capitais porque enquanto outras cidades já estavam em ritmo de crescimento, o mercado ainda estava desaquecido aqui. A cidade já tinha um déficit habitacional, que agora está mudando. Ainda devemos ter mais alguns anos de crescimento do setor pela frente”, estima.
Para o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de João Pessoa, Irenaldo Quintans, o levantamento realizado pelo consultor imobiliário Fábio Henriques mostra que o setor continua aquecido, diferente da queda de ritmo que já acontece em outras cidades.

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP