Pesquize em toda a Web

As maiores altas nos imóveis em quatro capitais brasileiras

quarta-feira, 26 de outubro de 2011


imóveis usados em Recife e no Rio de Janeiro viram as maiores valorizações do país entre abril e outubro


O IBOPE divulgou nesta quarta-feira sua Pesquisa semestral de Preços Residenciais, para o período compreendido entre abril e outubro deste ano. Rio de Janeiro e Recife lideraram as valorizações de imóveis novos, com alta de 18% em cada. Em ambas as cidades, os imóveis usados tiveram alta ainda maior, de 20% em Recife e 19% no Rio, o que indica uma escassez de lançamentos, com consequente demanda maior por usados.
De acordo com Antonio Carlos Ruótolo, diretor de geonegócios do IBOPE Inteligência, o andamento da valorização dos imóveis nas quatro capitais pesquisadas não indica sinais de desaquecimento ainda, pelo contrário. Nas cidades de São PauloRio de Janeiro e Porto Alegre, porém, houve bairros que sofreram desvalorização desde o início da série histórica, em 2009. Veja a seguir como foi o desempenho de cada cidade, por região:
São Paulo
Imóveis novos:
Valorização de abril a outubro: 14%
Preço médio atual do metro quadrado de imóveis novos: 6.019 reais.
RegiãoMédia geral (R$/m2)Valorização média
Sudoeste7.09417%
Centro6.53821%
Oeste5.9629%
Norte5.11428%
Sul4.77717%
Sudeste4.77210%
Noroeste4.6273%
Leste3.42015%
- Maior valorização: região Norte (28%), que inclui bairros como Casa Verde, Santana e Tucuruvi.
- Metro quadrado mais caro: região Sudoeste (7.094 reais), que inclui bairros como Alto de Pinheiros, Moema, Itaim, Morumbi, Vila Mariana e Jardim Paulista.
- Metro quadrado mais barato: região Leste (3.420 reais), que inclui bairros como Itaquera, Penha e Vila Matilde.
Imóveis usados (foram excluídas as casas):
Valorização de abril a outubro: 11%
Preço médio atual do metro quadrado de imóveis usados: 4.979 reais.
RegiãoMédia geral (R$/m2)Valorização média
Sudoeste5.32711%
Oeste5.2948%
Centro4.73813%
Norte4.37819%
Noroeste4.21921%
Sudeste4.10411%
Sul3.63617%
Leste2.99912%
- Maior valorização: região Noroeste (21%)
- Metro quadrado mais caro: região Sudoeste (5.327 reais)
- Metro quadrado mais barato: região Leste (2.999 reais)
Observações: A região Oeste (Perdizes, Barra Funda, Lapa e Vila Leopoldina) teve valorização inexpressiva tanto para imóveis novos quanto para usados, depois de uma alta vertiginosa entre abril de 2010 e abril de 2011. Já a região Noroeste (Limão, Freguesia do Ó e Jaraguá) ficou estagnada apenas em matéria de imóveis novos; entre os usados, foi a região mais valorizada nos últimos seis meses.
Rio de Janeiro
Imóveis novos:
Valorização de abril a outubro: 18%
Preço médio atual do metro quadrado de imóveis novos: 6.000 reais.
RegiãoMédia geral (R$/m2)Valorização média
Zona Sul11.67320%
Grande Tijuca5.79532%
Barra e Recreio5.51824%
Centro Histórico4.752ND
Zona Norte3.53118%
Jacarepaguá3.38213%
Zona Oeste2.40320%

- Maior valorização: Grande Tijuca (32%), que inclui bairros como Tijuca, Vila Isabel, Grajaú, Alto da Boa Vista e Maracanã.
- Metro quadrado mais caro: Zona Sul (11.673 reais), que inclui bairros como Ipanema, Leblon, Botafogo, Flamengo, Gávea, Copacabana, Lagoa e Urca.
- Metro quadrado mais barato: Zona Oeste (2.4903 reais), que inclui bairros como Bangu, Campo Grande, Ipanema e Santa Cruz.
Imóveis usados (foram excluídas as casas):
Valorização de abril a outubro: 19%
Preço médio atual do metro quadrado de imóveis usados: 5.106 reais
RegiãoMédia geral (R$/m2)Valorização média
Zona Sul9.75926%
Barra e Recreio4.93115%
Centro Histórico4.35626%
Grande Tijuca4.12227%
Jacarepaguá2.7498%
Zona Norte2.54618%
Zona Oeste2.0226%
- Maior valorização: Grande Tijuca (27%)
- Metro quadrado mais caro: Zona Sul (9.759 reais)
- Metro quadrado mais barato: Zona Oeste (2.022 reais)
Observações: A cidade está se expandindo para regiões mais afastadas, como as regiões de Barra, Recreio e Zona Oeste, onde há mais terrenos livres e lançamentos. Os imóveis novos nessas regiões tiveram uma valorização alta por conta disso. Entre os imóveis usados, as regiões que mais valorizaram são aquelas com menos lançamentos e mais próximas ao centro. Não há dados referentes a imóveis novos no Centro histórico porque não houve, no período, lançamento de empreendimentos na região.
Porto Alegre
Imóveis novos:
Valorização de abril a outubro: 11%
Preço médio atual do metro quadrado de imóveis novos: 4.501 reais
RegiãoMédia geral (R$/m2)Valorização média
Centro ou Cidade Radiocêntrica5.44512%
Nordeste ou Cidade Xadrez4.77811%
Norte ou Corredor do Desenvolvimento3.63216%
Oeste ou Cidade Jardim3.5037%
Oeste-Leste ou Cidade de Transição3.2809%
Sul ou Cidade Rururbana2.475ND
- Maior valorização: região Norte (16%), que inclui bairros como Humaitá e Anchieta.
- Metro quadrado mais caro: Centro (5.445 reais), que inclui bairros como Bom Fim, Menino Deus, Moinhos de Vento e Praia de Belas.
- Metro quadrado mais barato: região Sul (2.475 reais), que inclui bairros como Belém Novo, Belém Velho e Cascata.
Imóveis usados (foram excluídas as casas):
Valorização de abril a outubro: 8%
Preço médio atual do metro quadrado de imóveis usados: 2.922 reais
RegiãoMédia geral (R$/m2)Valorização média
Centro ou Cidade Radiocêntrica3.24812%
Nordeste ou Cidade Xadrez3.0856%
Oeste-Leste ou Cidade de Transição2.62819%
Norte ou Corredor do Desenvolvimento2.62420%
Oeste ou Cidade Jardim2.5390,3%
Sul ou Cidade Rururbana2.086ND
- Maior valorização: região Norte (20%)
- Metro quadrado mais caro: Centro (3.248 reais).
- Metro quadrado mais barato: região Sul (2.086 reais).
Observações: A região Oeste-Leste (Agronomia, Jardim Carvalho e Teresópolis) permaneceu praticamente estagnada, tanto em matéria de imóveis novos quanto usados.
Recife
Imóveis novos:
Valorização de abril a outubro: 18%
Preço médio atual do metro quadrado de imóveis novos: 4.074 reais
RegiãoMédia geral (R$/m2)Valorização média
Boa Viagem4.89515%
Central4.37521%
Sudoeste3.82621%
Norte3.354ND
Centro Oeste3.2365%
Centro Leste3.23436%
Oeste2.72514%
Leste2.475ND
- Maior valorização: Centro Leste (36%), que inclui bairros como Campo Grande e Torreão.
- Metro quadrado mais caro: Boa Viagem (4.895 reais).
- Metro quadrado mais barato: Leste (2.475 reais), que inclui bairros como Afogados, Cabanga e Santo Antônio.
Imóveis usados (foram excluídas as casas):
Valorização de abril a outubro: 20%
Preço médio atual do metro quadrado de imóveis usados: 3.305 reais
RegiãoMédia geral (R$/m2)Valorização média
Boa Viagem3.70923%
Central3.30920%
Sudoeste2.913ND
Centro Oeste2.99825%
Centro Leste2.46726%
Norte3.049ND
Oeste2.299-3%
Leste2.224ND
- Maior valorização: Centro Leste (26%).
- Metro quadrado mais caro: Boa Viagem (3.709 reais)
- Metro quadrado mais barato: Leste (2.224 reais)
Observações: Toda a região Oeste (Cidade Universitária, Tjipió e Várzea) teve queda no preço dos imóveis usados. As regiões Norte (Arruda, Porto da Madeira e Pau Ferro) e Leste não tiveram lançamentos no período. Na região metropolitana de Recife, o Porto de Suape tem sido um forte fator de atração populacional e valorização dos imóveis, principalmente usados.(exame)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP