Pesquize em toda a Web

Imóvel comercial rende mais

quinta-feira, 27 de outubro de 2011





Valorização.Metro quadrado teve preço aumentado em quase 60%, em apenas dois anos, em BH e região
Premier Business Center, em Nova Lima, foi lançado há dois anos com o metro quadrado a R$ 5.200
O  momento é do imóvel comercial. Além da rentabilidade para o investidor, que pode cobrar aluguel mensal de 0,7% a 1,2% do valor do imóvel, enquanto um residencial não ultrapassa os 0,6%, o empresário quer transferir sua empresa para um espaço próprio em Belo Horizonte ou na região metropolitana. Resultado: os preços do metro quadrado tiveram valorização de quase 60% nos últimos dois anos. 

Foi o caso do Premier Business Center, da Incorporadora e Construtora Dominus, em parceria com a PDG Realty, em Nova Lima, que foi entregue há 15 dias. Lançado há dois anos, custava R$ 5.200 o metro quadrado. Agora, vale R$ 8.300. O sócio-diretor da empresa, Cláudio Neves, disse 
que existe uma carência de espaços corporativos para as empresas de pequeno e médio porte se instalarem e faltam terrenos bons na capital e entorno. "O mercado está pedindo muito esse tipo de imóvel", afirmou Neves, que está à procura de terrenos para lançamentos de imóveis comerciais.

Com aluguel de R$ 15 mil por 220 metros quadrados, Cláudio Neves explicou que o Premier Business Center acompanhou a tendência dos grandes centros urbanos com um espaço comercial e áreas que tragam qualidade de vida a quem está ocupando.

O diretor-comercial da Engefor Engenharia, Francisco Stehling, disse que Belo Horizonte e a região metropolitana não dispõem de imóveis modernos em localizações privilegiadas. "Estamos suprindo a necessidade desse mercado", disse. Stehling informou que a Engefor tem um novo projeto comercial para a região metropolitana previsto para o ano que vem. Atualmente, a Engefor é responsável pela construção do Estação Nova Lima, com 60% do empreendimento comercializado. Lá, o metro quadrado varia de R$ 7.000, para sala a R$ 12 mil para loja. 

O comprador de imóvel comercial, de acordo com Stehling, vai desde o empresário que quer transferir sua empresa para um novo centro comercial ou aquele empresário ou profissional liberal que quer a renda do aluguel.

O gerente regional da construtora Rossi em Belo Horizonte, Márcio Crivellari, acredita que ainda existe muito espaço para crescimento do setor. "Belo Horizonte é uma das capitais com a melhor velocidade de vendas do país", afirmou. Márcio Crivellari informou que a Rossi já tem outros dois projetos com terrenos adquiridos: um no Vetor Norte, próximo à Cidade Administrativa, e outro na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Ambos com lançamentos para 2012.

A construtora já vendeu 70% do Rossi Andradas Office, no bairro Santa Efigênia, em menos de um mês. Com fachada de vidro, tem vaga para o proprietário e o visitante e elevador de maca. O tamanho médio da sala é de 30 metros quadrados ao custo de R$ 340 mil.

O diretor comercial da construtora Habitare, Hélio de Souza Júnior, tradicional no mercado residencial, já está construindo prédios mistos com lojas comerciais embaixo de construções residenciais. No Buritis, lojas comerciais de 150 metros quadrados custam R$ 800 mil. "O metro quadrado custa R$ 6.000. Foi lançado há cinco meses e já valorizou 5%", calculou Souza.

Aluguel - Valorização chegou a 200% em cinco anos
Com 40 anos de mercado, o diretor da Adbens Imóveis, Carlos Frederico Castro, viu o valor dos imóveis comerciais ter valorização de até 200%, nos últimos cinco anos. "Eu mesmo comprei uma loja na Savassi há quatro anos, por R$ 420 mil, hoje vale R$ 1 milhão. Essa loja está alugada por R$ 8.000", informou.

Carlos Frederico disse que o imóvel comercial tem que ter ponto bom. "A sala tem demanda grande e as construtoras sabendo disso começaram a construir mais. Teremos bastante oferta", disse Castro. Em Belo Horizonte, o preço do aluguel para loja está em torno de R$ 100 e de sala varia de R$ 60 a R$ 80, o metro quadrado. "Quem tem dinheiro sobrando está investindo em imóvel comercial que vai gerar receita de 0,8% a 1%,do valor do imóvel, em ponto bom", afirmou Castro.

O diretor-presidente da Lar Imóveis, Luiz Antônio Rodrigues, disse que os imóveis comerciais continuam com intensa procura. "Imóvel de R$ 1 milhão terá aluguel médio de R$ 7.500 a R$ 8.000 podendo chegar a R$ 9.000. É melhor do que a poupança", comparou. Luiz disse que o investidor consegue ter de volta um investimento de R$ 1 milhão em cerca de 130 meses. (HL)



 Preços dos Imóveis Comerciais
(clique na imagem para ampliar)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP