Pesquize em toda a Web

valorização: Boom muda BH

sábado, 24 de setembro de 2011



Verticalizado: Bairros como o Belvedere ganharam prédios para abrigar a demanda



No primeiro semestre de 2011, o crédito imobiliário bateu recorde e registrou alta de 55% em relação ao mesmo período em 2010. Os preços dos imóveis também não ficaram para trás e, nos últimos 12 meses subiram, 27% em Belo Horizonte. Os números são reflexos de um cenário extremamente favorável causado por inúmeras mudanças no mercado imobiliário ao longo dos últimos 15 anos. 

Para o presidente da Câmara do Mercado Imobiliário de Minas Gerais (CMI-Secovi) e presidente de uma Rede Imobiliária, Ariano Cavalcanti de Paula, a capital mineira sentiu de forma positiva os impactos da expansão imobiliária. Ele explica que o crescimento foi sentido de maneira generalizada e que, como a ocupação na região Centro-Sul já estava saturada, a valorização acabou sendo sentida tanto em bairros da região Oeste, Buritis, Estoril e Palmeiras, e região Leste, o Cidade Nova e o Santa Efigênia, como também zonas de fronteira, como Nova Lima e o Vetor Norte. "O boom foi tamanho que o mercado imobiliário precisou explorar novas possibilidades", disse.(Habitar/OTempo/Pampulha)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP