Pesquize em toda a Web

Conheça os imóveis mais caros à venda em BH

domingo, 18 de setembro de 2011



Área de lazer de alguns dos edifícios não deixam nada a dever aos hotéis refinados do Nordeste (Tulio Santos/EM/D.A Press)
Área de lazer de alguns dos edifícios não deixam nada a dever aos hotéis refinados do Nordeste
Sauna com roupão de banho e chinelo disponíveis, ambiente anexo para relaxar, cadeiras confortáveis, espaço gourment e vista de primeira linha para as montanhas e grande parte de Belo Horizonte. O cenário não é mais privilégio da área de lazer de edifícios ou clubes. O mimo é privativo e faz parte da varanda de luxuoso apartamento no Vila da Serra, na Zona Sul da capital. Fez frio? É só caminhar alguns passos e os moradores e visitantes podem desfrutar de bom vinho ao lado da lareira da sala, que conta com tela de 106 polegadas acionada por controle remoto. Este fica embutido na parte interior do gesso e só é acionado nos momentos de lazer da família em frente à telinha, ou melhor, telão.

O conforto, o amplo espaço de lazer e a vista atraíram o empresário Wagner Carvalho Villanueva a adquirir o apartamento, localizado em um verdadeiro condomínio resort na capital. As construtoras voltadas para o público de alto luxo estão a todo vapor para construir os edifícios para o consumidor milionário. Mas há uma má notícia para o candidato à compra: se tiver interesse em algum lançamento, vai precisar não só desembolsar cifras acima de R$ 1,5 milhão (o valor sobe e pode chegar a R$ 5 milhões se a unidade tiver área maior, acima de 250 metros quadrados). É preciso fazer a reserva e comprar o imóvel antes de a obra finalizada. Grande parte das vendas de unidades de luxo tem sido fechada na capital no período do lançamento.

Em Belo Horizonte e região metropolitana, há hoje mais de 200 apartamentos de mais de R$ 1,5 milhão à venda. A maioria já tem dono. “Grande parte das unidades está sendo vendida na planta. Hoje, um apartamento de R$ 500 mil é mais difícil de ser vendido do que o de R$ 3 milhões. A classe média é mais vulnerável às crises e oscilações econômicas”, afirma Luiz Antônio Rodrigues, diretor da Lar Imóveis.

Inovações

E haja imaginação para atender esse público. Há dois tipos de imóveis que têm atraído os milionários de Belo Horizonte. Os primeiros ficam em edifícios localizados nos bairros nobres da Zona Sul, como Lourdes, com área de lazer mais restrita, mas com área interna ampla e acabamento impecável. A outra opção é nas áreas mais distantes, como Belvedere e Vila da Serra. O ponto mais afastado é compensado por uma megaestrutura na área de lazer, em edifícios que operam como verdadeiros condomínios resorts. 
Quadra de tênis coberta, igual à de centros esportivos, está entre os novos atributos oferecidos (Tulio Santos/EM/D.A Press)
Quadra de tênis coberta, igual à de centros esportivos, está entre os novos atributos oferecidos
Quarto de motorista, cortina e banheira de hidromassagem acionadas por celular, sauna na varanda, quadra de golfe, garagem no andar do apartamento, vidro com isolamento acústico nas janelas, banho senhor e senhora na suíte do casal (com vaso e ducha individuais), abastecimento para carro elétrico e… ufa… espaço gourmet ao ar livre com piso flutuante são alguns dos mimos criados pelas construtoras para atender os endinheirados.

Há uma exigência que é comum: os milionários exigem, no mínimo, quatro vagas de carro na garagem. “Alguns precisam de vagas para visitantes. Outros são colecionadores ou têm carros diferentes para usar nos fins de semana”, afirma Ítalo Gaetani, superintendente da Construtora Castor, voltada para o segmento de alto padrão.

Os milionários também gostam de personalizar as unidades. “Se a pessoa compra na fase da construção, ela pode fazer a modificação que quiser. Nos apartamentos de luxo geralmente são trocados o piso, a parte hidráulica e é feita a automação”, diz João Paulo Fasciani, coordenador de marketing da RKM. A área de lazer é outro item que tem ganhado força nos empreendimentos. “No lugar de a pessoa sair de casa para ir ao clube, ela já tem um clube dentro de casa”, afirma Fasciani. 

Veja algumas das jóias do mercado imobiliário da capital


TOP GREEN
Construtora: Castor
Região: Belvedere
Preço médio: cerca de R$ 3 milhões
Área do apartamento: 305 metros quadrados (m2)
Condomínio médio: R$ 2,2 mil
Diferenciais: cinco vagas de garagem, área de lazer com piscina de 25 metros coberta, espaço kids, duas quadras de tênis de saibro cobertas, duas quadras de squash, executivo golfe, drive ranger (área de treino para lançamento da bola de golfe), quatro suítes, sendo uma com banho para senhor e senhora.

EDIFÍCIO ULISSES (em obras)
Construtora: Castor
Região: Lourdes
Preço médio: R$ 3,3 milhões
Área: 355m2
Condomínio estimado: R$ 2,2 mil
Diferenciais: quatro suítes, sendo uma com banho para senhor e senhora, janela com vidro de oito milímetros, que oferece maior conforto acústico, área de lazer com piscina com raia de 25 metros, espaço kids, espaço fitness.

OÁSIS (em obras)
Construtora: RKM
Região: Funcionários
Preço médio: R$ 1,7 milhão
Área: 191m2
Condomínio estimado: de R$ 1,2 mil a R$ 1,3 mil
Diferenciais: espaço gourmet integrado na varanda do apartamento. Tem área de mais de 3,6 mil m2 de lazer. São mais de 20 opções de lazer, como quadra de tênis de saibro, espaço mulher, fogão a lenha na área gourmet, espaço kids aberto e fechado, piscina com rede de biribol.

BIARRITZ (em obras)
Construtora: Agmar
Região: Santa Lúcia
Preço médio: de R$ 1,6 milhão a R$ 1,9 milhão
Área: 236m2
Condomínio estimado: R$ 1,6 mil
Diferenciais: quatro a cinco vagas de garagem, quadra de tênis, espaço gourmet, salas com mármore, espaço fitness, amplos jardins.

SAN PAUL DE VENCE (em obras)
Construtora: Conartes
Região: Nova Lima
Preço médio: R$ 4,5 milhões
Área: 500m2
Condomínio estimado: R$ 2,5 mil
Diferenciais: seis vagas de garagem por apartamento, box para lavar carro na garagem, banheiros com mármore, varanda com espaço para cozinha, spa com banheira de hidromassagem, garage band na área de lazer.

JUAN LES PINS (em obras)
Construtora: Conartes
Região: Funcionários
Preço médio: R$ 3 milhões
Área: 315m2
Condomínio estimado: de R$ 1,5 mil a R$ 2 mil
Diferenciais: espaço kids, espaço mulher, três piscinas, sauna seca e a vapor, prédio revestido em granito. 

CRONOS (em obras)
Construtora: Lider
Região: Vila da Serra
Preço médio: R$ 5 milhões
Área: 618m2
Condomínio estimado: R$ 3,2 mil
Diferenciais: cinco vagas de garagem, área de lazer com campo de golfe, varanda gourmet com churrasqueira, piscinas aquecidas.

EDIFÍCIO SOL (em lançamento)
Construtora: EPO Engenharia
Região: Vale do Sereno (Nova Lima)
Preço médio: de R$ 3,5 milhões a R$ 4 milhões
Área: 542m2
Condomínio estimado: não divulgado
Diferenciais: seis vagas de garagem, sendo uma dentro do apartamento (o carro é transportado no elevador próprio para veículo), torres de abastecimento para carro elétrico, quadra de tênis com teto retrátil.
(Fonte:Uai/EM)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP