Pesquize em toda a Web

SP: financiamento imobiliário supera compras de imóveis à vista em quase todo estado

sábado, 7 de maio de 2011

O financiamento imobiliário superou as compras à vista de imóveis usados em três das quatro regiões do estado de São Paulo analisadas pelo Creci-SP (Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo) em fevereiro.

De acordo com levantamento divulgado nesta sexta-feira (6), na região que compreende o ABCD, Guarulhos e Osasco, a maioria (58,82%) das vendas de imóveis usados registradas no primeiro mês do ano foram feitas por meio de financiamento, enquanto os pagamentos à vista chegaram a 40,59%.

No interior, os imóveis financiados também representaram mais da metade (55,03%) do total vendido, enquanto os pagamentos à vista corresponderam a 41,12%.

Já na capital paulista, 48,33% dos imóveis vendidos em fevereiro utilizaram o financiamento como forma de pagamento, enquanto 37,08% das vendas foram à vista.

Por outro lado, no litoral do estado, predominaram as compras à vista, que representaram 66,06% do total de imóveis usados comercializados nessa região. Outros 27,07% foram financiados.

Financiamento pela Caixa
A pesquisa do Creci-SP ainda aponta que os financiamentos feitos pela CEF (Caixa Econômica Federal) prevalecem. Neste caso, em fevereiro, a região do ABCD, Guarulhos e Osasco se destacou novamente, pois no conjunto destas cidades as transações feitas pelo banco representaram 49,41% das vendas.

No interior, 42,60% das vendas foram financiadas pelo banco e, na capital paulista, 33,75% financiaram o imóvel usado por meio da Caixa.

Já no litoral, os financiamentos feitos pela Caixa chegaram a 19,27% do total das comercializações.

Outras formas de pagamento
Ainda segundo o Creci-SP, os paulistas também negociaram a compra do imóvel usado diretamente com o proprietário. Na capital, 13,75% das vendas foram feitas dessa forma.

No interior, 3,25% das vendas foram feitas diretamente com o proprietário. No litoral e na região do ABCD, Guarulhos e Osasco, a participação atingiu 6,42% e 0,59%, respectivamente.

Já as compras por meio de consórcio tiveram registro na capital, interior e litoral, representando 0,83%, 0,59% e 0,46%, respectivamente, do total de negócios realizados. No ABCD, Guarulhos e Osasco não foi registrada essa forma de pagamento.

Vendas
No segundo mês do ano, as vendas de imóveis usados no estado de São Paulo aumentaram.

Em fevereiro, nas 1.617 imobiliárias que constam na pesquisa, foram comercializadas 975 unidades, o que fez o índice de vendas subir 9,1%.

Tags: bancos caixa-economica-federal casa-propria cef cidades compra comprar-um-imovel creci-sp financas financiamento forma-de-pagamento gastos habitacao imobiliaria imoveis noticias pagamento tags-financas vender-imovel vender-um-imovel (Infomoney)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP