Pesquize em toda a Web

Novo limite de crédito imobiliário com recursos do FGTS vale a partir de hoje

quinta-feira, 3 de março de 2011

A Caixa Econômica Federal começou a operar nesta quinta-feira com o novo limite de avaliação de imóvel para financiamentos imobiliários com recursos do FGTS. O teto passou de R$ 130 mil para R$ 170 mil nas regiões metropolitanas dos estados de Rio de Janeiro e São Paulo, além do Distrito Federal. A medida abrange os imóveis do Programa Minha Casa, Minha Vida.

Em outras cidades com mais de um milhão de habitantes, os moradores poderão financiar até R$ 150 mil. Já em municípios cuja população seja superior a 250 mil habitantes, o valor máximo de financiamento passa para R$ 130 mil, enquanto em municípios com mais de 50 mil habitantes, o novo teto é de R$ 100 mil. Nas demais cidades, os moradores poderão financiar até R$ 80 mil.
A medida, segundo nota da Caixa, visa a atender melhor à população, ao permitir a aquisição de moradias adequadas às necessidades das famílias.
A renda máxima familiar para o financiamento continua fixada em R$ 4,9 mil, no caso de regiões metropolitanas, e passa a ser utilizada também para os municípios com população igual ou superior a 250 mil habitantes, beneficiando cerca de 50 municípios, com população total de 18 milhões de pessoas. Na regra anterior, esse limite era para municípios com mais de 500 mil habitantes. Nos demais municípios, a renda máxima familiar permanece em R$ 3,9 mil.
A taxa nominal de juros das operações é de 6% ao ano mais TR (Taxa Referencial), que pode chegar a 5%, com subsídio para famílias com renda de até R$ 2.790.O FGTS pode financiar até 90% do valor do imóvel, seja novo ou usado, em um prazo de até 30 anos.

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP