Pesquize em toda a Web

Coelho da Fonseca abre unidade no Rio de Janeiro

sexta-feira, 10 de setembro de 2010


nvestimento inicial para a concepção da nova empresa - joint-venture com a BCF administradora de imóveis - é de 4 milhões de reais



Showroom da Coelho da Fonseca no Rio de Janeiro: segmento de luxo concentra mais de 200.000 unidades na cidade, segundo a empresa

 São Paulo - A imobiliária Coelho da Fonseca está expandindo sua atuação para o Rio de Janeiro. A empresa realizou uma joint-venture com a BCF Administradora de Imóveis, com a qual inaugura a Coelho da Fonseca Rio de Janeiro, focada no mercado de alto luxo. O investimento inicial para a concepção da nova empresa é de 4 milhões de reais, destinados para instalações, tecnologia e propaganda.

A nova companhia atuará na compra e venda de imóveis de terceiros, com foco no segmento de luxo, que concentra mais de 200.000 unidades no Rio de Janeiro, segundo a empresa. Para 2010, a expectativa é atingir um faturamento de 800.000 reais (de setembro a dezembro), gerado a partir de um volume geral de vendas (VGV) de 150 milhões de reais. Cada uma das empresas tem 50% de participação no negócio.
"O Rio de Janeiro é a bola da vez, com Copa do Mundo, Olimpíadas e as unidades de pacificação", disse o diretor-executivo da Coelho da Fonseca Rio de Janeiro, Luis Carlos Bulhões Carvalho da Fonseca. "Isso valoriza os bairros, especialmente na zona sul", diz.
O portfólio inicial da Coelho da Fonseca Rio de Janeiro será composto por cerca de 250 imóveis localizados na zona sul, zona oeste e centro. O preço médio das unidades é de 1,5 milhão de reais. "A gente não acredita em bolha, mas em precificação de um mercado que estava defasado do ponto de vista imobiliário", diz Fonseca.
O atendimento de alto padrão é pouco explorado no Rio de Janeiro, segundo o diretor. "Esse mercado é muito pulverizado em corretores autônomos", afirma. "Há pequenos feudos dentro dos bairros mais importantes", diz.
A Coelho da Fonseca, no Rio de Janeiro, procura parcerias com as administradoras de imóveis da cidade e com corretores autônomos. Segundo o diretor, eles já conversaram com algumas empresas da cidade, mas ainda não há nada fechado.
Outras cidades
A empresa tem planos de chegar em outros estados, mas não a curto prazo. O diretor citou Vitória, no Espírito Santo, como uma das cidades de interesse. A Coelho da Fonseca possui uma parceria com o Itaú para financiamentos. É uma forma de os consumidores obterem financiamentos de até 10 milhões de reais.
Para o uso do FGTS, pela Caixa, o limite de financiamento é de 500.000 reais. "Estamos num porto seguro; o imóvel usado sempre existirá, esteja a economia subindo ou declinando", afirma.
A Coelho da Fonseca está presente em São Paulo, Brasília, Ribeirão Preto e Salvador - a empresa paulista entrou nessas três cidades por meio de aquisição de imobiliárias locais. Somente no Rio de janeiro foi realizada uma joint-venture com uma administradora. A BCF Administradora de Bens atua no segmento de administração de clubes, shoppings, associações, imóveis comerciais e residenciais e condomínios comerciais e residenciais.(Exame)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP