Pesquize em toda a Web

Crédito habitacional cresce 21,5% no primeiro semestre.

terça-feira, 27 de julho de 2010

SÃO PAULO – Os financiamentos habitacionais com recursos livres e direcionados registraram crescimento de 21,5% no primeiro semestre deste ano, avanço quase três vezes maior do que o identificado em todo o crédito privado, que teve alta de 8,1% no período.

Em junho, a modalidade que compreende as operações destinadas às pessoas físicas e às cooperativas habitacionais registrou alta de 3,6% frente a maio, chegando a R$ 111,6 bilhões.

Quando analisado o financiamento habitacional com recurso direcionado, houve expansão de 3,5% ao mês e de 21,4% no semestre, ao chegar a R$ 106 bilhões em julho. Já o financiamento com recurso livre avançou 4,4% no mês, 23,4% no semestre e atingiu R$ 5,552 bilhões.

Os dados são da Nota de Política Monetária e Operações de Crédito, divulgada nesta terça-feira (27) pelo Banco Central do Brasil.

Públicos x privados
O setor público responde pela maior parte dos recursos destinados à habitação. Em junho, foram R$ 83,9 bilhões, depois de registrar crescimento de 3,8% frente a maio e de 22,8% no semestre.

Já o setor privado respondeu por R$ 15,833 bilhões, após apresentar um avanço de 3,3% em relação a maio e de 20,1% entre janeiro e junho deste ano.

Quando analisado o crédito total no Brasil, os bancos públicos têm representatividade de 42,3%, verificada em junho, enquanto que os bancos privados têm uma participação de 40,1% e os estrangeiros, de 17,6%.

O estoque total de crédito, com recursos livres e direcionados, atingiu R$ 1,529 trilhão em junho, quando passou a representar 45,7% do PIB (Produto Interno Bruto) e registrou alta de quase 20% em 12 meses. Segundo o BC, o avanço ocorre com mais vigor nos recursos direcionados, impulsionado pela continuada expansão dos financiamentos habitacionais.(Infomoney)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP