Pesquize em toda a Web

marketing Imobiliário: Construtora adota circuito sensorial como estratégia de marketing

terça-feira, 13 de julho de 2010

Construtora adota circuito sensorial, que inclui simulador aéreo, como estratégia de marketing

BRASÍLIA - Uma nova tecnologia promete revolucionar os pontos de venda de imóveis nas principais capitais do país, num momento em que o mercado imobiliário está excepcionalmente aquecido. É o uso de um equipamento chamado Panadone, espécie de simulador de voo usado pela força aérea americana em que o visitante do estande faz uma viagem virtual pelo empreendimento - como se estivesse numa nave espacial.

Com seis projetores de alta resolução e tela de dupla curvatura, o equipamento proporciona a sensação típica de parque de diversão. A iniciativa inédita, desenvolvida pela empresa de soluções de tecnologia Adventure Tech, está sendo apresentada em Brasília na divulgação do DF Century Plaza, empreendimento para a classe média no bairro de Águas Claras, lançado pelas incorporadoras Brookfield e Mirante. Das 1.700 unidades residenciais e comerciais colocadas à venda (ao todo são duas mil), 1.200 já foram negociadas. O custo médio é de R$ 190 mil.

A viagem no simulador começa na Praça dos Três Poderes e vai até o local do empreendimento. Depois de passar por um cenário cinza, num trajeto onde só aparecem os monumentos da capital federal, a nave aterrissa num dos prédios, que, aos poucos, ganha cor.

Fim do voo, o visitante é levado até uma sala onde, finalmente, vê a maquete do empreendimento. No ambiente, tem a oportunidade de conhecer mais detalhadamente o produto - fachada, áreas de lazer, halls de elevadores e o interior dos imóveis - por meio de monitores de 52 polegadas com tecnologia touch screen. E, se quiser, pode visitar uma das sete unidades decoradas.

Segundo o diretor da Adventure, André Bergholz, a estratégia é uma alternativa às tradicionais armas de vendas, baseadas em maquetes, imóveis decorados e lábia do corretor. A nova fórmula busca atrair o comprador de forma lúdica. A inspiração veio dos parques temáticos de diversão e dos novos museus, interativos, contou ele. (G1)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP