Pesquize em toda a Web

Atenção na Compra de Imoveis

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Especialistas dão dicas para os interessados na compra de uma opção imobiliária e falam da importância de segui-las cuidadosamente antes de fechar qualquer negócio


A casa é linda, grande e bem localizada. O apartamento é espaçoso e confortável, ideal para atender à família. O valor do imóvel é bastante atraente. Pronto, a compra do imóvel já pode ser considerada um sucesso, certo? Não, infelizmente. A negociação para muitos pode até parecer uma tarefa simples, mas requer cuidados, principalmente depois da escolha do imóvel.

Como explica Luigi Gaino Martins, diretor da Lopes em Minas Gerais, o cliente deve estar atento à documentação dos imóveis e a situação das construtoras em caso de opções na planta.
"Os cuidados jurídicos e de documentação podem garantir o sucesso da negociação. Assim, deve procurar uma empresa séria e com forte atuação no mercado. Uma venda inadequada pode prejudicar o comprador que, em casos extremos, pode ter até a compra cancelada", revela Luigi.
No caso de opções na planta, segundo o profissional, é preciso verificar se a construtora é idônea e buscar referências de outras obras já entregues pela empresa. Já em opções usadas, deve ser avaliada a documentação do imóvel e do vendedor.

Atenção. Outros cuidados não devem ser deixados de lado na hora de fechar os negócios.
Fernando Portela, diretor de vendas de imóveis avulsos da Gribel Pactual/Rede Morar Brasil Brokers, alerta para detalhes que, no entusiasmo de possuir uma casa nova, o comprador deixa de avaliar, mas ao longo do tempo podem transformar o sonho da casa própria em pesadelo.

Além da localização do empreendimento, devem ser observadas a ventilação do imóvel, o nível de ruídos, a posição em relação ao sol e o estado de conservação. A necessidade de reformas em caso da existência de rachaduras, vazamentos, problemas elétricos ou hidráulicos deve ser levada em consideração no orçamento antes de fechar o negócio.

"O profissional tem de ser qualificado e comprometido em realizar as transações imobiliárias com segurança e ajudar a checar todos os itens importantes para a escolha do imóvel. Ele tem de se empenhar em garantir que não haja perda de dinheiro ou outros prejuízos ao comprador", garante Fernando Portela.

Para quem não conhece ou tem poucas referências da localização do imóvel escolhido, o conselho de profissionais é a visita do local em horários diferentes e conversas com os vizinhos.


                          Gribel Pactual/divulgação
Documentação. Fernando Portela, diretor de vendas Gribel Pactual, considera a análise dos documentos do imóvel fundamental









Valorização
Localização pode garantir sucesso na negociação

Não basta escolher o imóvel com melhor preço e o mais bem conservado para garantir o sucesso na negociação imobiliária. Dentre diversos cuidados ressaltados por profissionais do mercado, um dos mais importantes é a escolha de uma empresa com experiência de atuação no mercado e a análise da documentação do imóvel e também do vendedor.

“Essa é a melhor maneira de evitar problemas futuros, como a penhora do bem, mesmo depois de vendido. Além disso, deve-se escolher uma imobiliária séria e experiente na atuação nesse mercado”, revela Pedro de Souza, gerente da 3/4 Imóveis.

No caso de lançamentos, a dica do profissional é a análise da idoneidade da construtora, ver o tempo de mercado, quantos empreendimentos já fez e se já apresentou problemas anteriormente. Já para os imóveis avulsos, deve-se identificar a região preferida e observar detalhes do imóvel como tamanho, disposição dos ambientes e faixa de preço.

Localização. Quem está à procura de uma opção imobiliária para comprar, no meio de tantas opções, dúvidas e questões podem acabar deixando de lado uma das características mais importantes para a valorização imobiliária, principalmente depois da compra.

Como explica Flávio Galizzi, diretor da Valore Imóveis, imobiliária com forte atuação no mercado da capital, principalmente na região Centro-Sul, o primeiro item que deve ser analisado é a localização, seja no caso de uma opção comercial ou residencial.

“Deve ser levado em conta a locação da unidade em relação ao sol, vista, proximidade de comércio e vias de acesso, sem esquecer de analisar questões como barulho e movimentação da rua”.

Segundo o profissional, também é importante analisar se o bairro está na rota de crescimento da cidade e se a localização irá implicar na valorização mais ou menos acentuada do imóvel. “Uma opção bem localizada poderá garantir bons negócios no futuro. O cliente não deve pensar apenas no presente, mas deve analisar se irá comprar uma opção que poderá ser vendida com facilidade e com valor valorizado futuramente”, completa.


Passo a passo para o sucesso
Imobiliária. O primeiro passo para o sucesso é a procura de uma empresa séria, idônea e com experiência de atuação

Legalidade. Antes da negociação, deve-se verificar a documentação do imóvel e do vendedor

Unidade. A posição do apartamento no edifício é fundamental para um bom negócio. A unidade deve ter boa localização quanto ao sol e boa vista

Localização. Imóvel localizado em bairro ou região de crescimento também terá alto valor de negociação no futuro

Preservação. O imóvel deve ter bom estado de conservação e caso necessite reforma, o cliente deve colocar levar em consideração esse valor antes de fechar o negócio

Preço. O valor do imóvel deve caber no orçamento familiar

Reformas
Usados merecem atenção
Uma das maiores dúvidas dos interessados na compra imobiliária é a escolha entre uma opção nova e usada. Assim, a principal dica dos especialistas é a análise cuidadosa das vantagens e desvantagens de cada tipo de imóvel.

No caso das opções residenciais mais antigas, que geralmente trazem cômodos maiores, não se pode esquecer da análise cuidadosa do estado de conservação e a necessidade de uma possível reforma após a compra.

Entretanto, como explica Pedro de Souza, gerente da 3/4 Imóveis, é praticamente impossível precisar quanto poderá gasto com uma reforma em um imóvel usado. “Tudo irá depender das modificações a serem feitas, do tamanho do imóvel e, é claro, do tipo de material escolhido para o acabamento. Isso se o imóvel realmente precisar de reformas”, ressalta Souza.

Já Fernando Portela, diretor de vendas de imóveis prontos da Gribel Pactual, o cliente pode gastar, em média, cerca de R$15 mil para reformar toda as instalações elétrica e hidráulica, renovar o sinteco dos piso, a pintura das paredes. “Nesse caso, cabe ao cliente analisar a necessidade de modificações extras e avaliar se o valor da reforma valerá a pena em comparação com o preço de um imóvel novo”, completa. (AM-OTempo) Publicado em: 29/04/2010

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP