Pesquize em toda a Web

Imóveis de luxo em BH têm preços de Miami

segunda-feira, 29 de março de 2010

Metro quadrado no Belvedere vale até R$ 7 mil, como em Sunny Isles Beach


Miami é aqui! A badalada cidade praiana da Flórida, nos Estados Unidos, marcada por turismo, salsa e noites agitadas, pode não ter muitas semelhanças com o jeito mineiro de ser. Levando-se em conta, no entanto, os atuais preços de imóveis de luxo, Miami e Belo Horizonte estão bem próximas. Um apartamento novo de luxo em frente à praia no entorno do ícone americano, que inclui Miami Beach e distritos vizinhos, pode ser comprado, hoje, por preços a partir de R$ 6 mil a R$ 9 mil o metro quadrado, dependendo da qualidade do acabamento do prédio. É a mesma faixa de valores cobrada para o metro quadrado em bairros mais nobres da capital mineira, como Lourdes, Funcionários e Belvedere.

A crise financeira que assolou o mundo em 2008, detonada no mercado imobiliário norte-americano, levou os preços de imóveis a despencar por lá. Em alguns casos, houve queda de até 50% no custo final, o que transformou Miami em opção de casa de praia de muitos brasileiros e mineiros. A demanda maior para a compra de imóveis na cidade americana movimenta imobiliárias mineiras, que começam a expandir os negócios em direção à Flórida, a exemplo da Gribel Pactual e da Lar Imóveis.

“Miami já virou a nossa Cabo Frio ou Guarapari. Com preços de imóveis que podem ser comparados aos da Zona Sul de Belo Horizonte e com a facilidade de voos diretos para Miami, esse passou a ser um destino fácil e viável para os mineiros”, afirma Ricardo Pitchon, vice-presidente da Gribel Pactual. Há seis meses, a imobiliária passou a fazer negócios na Flórida.

O mineiro Thiago Alves da Costa mora nos Estados Unidos e trabalha como corretor da Elite Global Realty, que tem parceria com a Gribel. Costa conta que começou a exercer a atividade num período em que o mercado imobiliário dos EUA estava muito aquecido e vários empreendedores construíram prédios em Miami Beach e Sunny Isles Beach, transformando o paisagismo local. Os empreendimentos eram vendidos na planta. “Quando a bolha do mercado imobiliário estourou, em meados de 2007, muito dos compradores desses mesmos empreendimentos não conseguiram fechar a compra pela falta de financiamento disponível no mercado”, lembra. O desequilíbrio entre a oferta maior e a demanda baixa, diz, provocou a redução dos preços.

Costa observou a desvalorização dos imóveis entre 2007 e o fim do ano passado. “Os preços dos imóveis nos Estados Unidos pararam de cair, mas estão em um dos níveis mais baixos dos últimos 20 anos”, diz. Hoje, cerca de 80% dos seus clientes são brasileiros que residem aqui no país. “O momento é inédito para os brasileiro que deseja investir em imóveis em Miami. Além da queda dos preços, o real valorizado em relação ao dólar e o crescimento da economia brasileira tornam mais viável o investimento”, afirma Costa.

Uma das áreas muito procuradas por mineiros, segundo o corretor, tem sido a Sunny Isles Beach, localizada ao Norte de Miami Beach. Um apartamento de luxo em frente à praia na região é encontrado por preços a partir de R$ 6 mil o metro quadrado. A unidade de alto luxo de quatro quartos pode custar a partir de R$ 1, 5 milhão. “Mas temos grande variedade de preços em Miami, que vão depender da praia e da qualidade da construção”, diz Costa. Há situações em que um apartamento de altíssimo luxo em South Beach, a zona nobre de Miami, pode chegar a custar até R$ 50 mil o metro quadrado. (GeorgeaChoucair-EM-29/03)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP