Pesquize em toda a Web

Vetor Norte - Pampulha ganha empreendimento de peso

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

O projeto prevê cinco torres;cada uma delas com 12 andares



O chamado Vetor Norte de Belo Horizonte está atraindo cada vez mais empreendimentos e tornando-se uma oportunidade de realização de negócios. Pensando nisso, a Incorporadora e Construtora Dominus está lançando seu novo condomínio: o Resort Novo Horizonte Jardins, localizado no Bairro Santa Mônica, na Região da Pampulha. O valor geral de vendas é de R$ 65 milhões, aproximadamente.


As obras estão previstas para começar em maio deste ano. A conclusão para a primeira fase será em janeiro de 2012, enquanto para a segunda fase em março do mesmo ano.

De acordo com o sócio-diretor da construtora, Cláudio Neves, a escolha do local foi natural, uma vez que as outras áreas da capital estão saturadas para expansão. "É uma solução para o crescimento de Belo Horizonte. Além do mais, é uma região com grande potencial de negócios e infraestrutura", afirma o empresário, referindo-se à Cidade Administrativa do Governo do Estado, que será inaugurado oficialmente dia 4 de março, no Bairro Serra Verde.

Neves ressalta outras qualidades do condomínio resort. "O clima é muito agradável, é uma região mais plana e está perto do Aeroporto de Confins e da UFMG." Partindo do Centro da cidade, são cerca de 22 minutos pela Avenida Antônio Carlos e 30 minutos pela Avenida Cristiano Machado. A região conta com uma boa infraestrutura: shopping, colégios, faculdades, padarias, supermercados, farmácias, bancos e transporte coletivo facilitado.

O condomínio terá cinco prédios construídos em um terreno de mais de 11 mil metros quadrados. Cada torre terá 12 andares. São, ao todo, 480 apartamentos, de dois e três quartos. O preço, segundo Neves, é para estimular o sonho da casa própria. Os valores variam de R$ 115 mil (dois quartos) a R$ 157 mil (três quartos).

Todos os apartamentos possuem sala para dois ambientes, varanda, cozinha, área de serviço, suíte e estacionamento. As unidades de dois quartos têm, em média, 53 metros quadrados. Os apartamentos de três quartos têm 68 metros quadrados. O público-alvo dos compradores, segundo Neves, é casais, com ou sem filhos, ou solteiros. "Como fica perto de duas universidades, está atraindo esse público. Mas também moradores do bairro, que desejam local mais seguro, e investidores que o enxergaram com um ótimo negócio". Todos os apartamentos da primeira fase do empreendimento foram vendidos em apenas quatro dias, comenta o diretor. As unidades da segunda fase, lançada no final de janeiro, estão praticamente comercializadas.

Estrutura de resort para agradar clientes
Um dos atrativos do condomínio Novo Horizonte Jardins é o formato resort. Os moradores terão disponível um espaço de lazer acima da média, piscinas adulto e infantil, deck molhado, campo de futebol gramado, espaço kids, playground, churrasqueiras, praça de exercícios, salão de festas, espaço gourmet, car wash, salão de jogos e academia, praça de estar, pista de caminhada e solarium.


Todo murado, o condomínio terá guarita com central de monitoramento, portaria 24 horas e circuito interno de TV. "Os moradores poderão aproveitar todo o conforto oferecido e com segurança. E cada fase terá sua estrutura formada", atesta o sócio-diretor da Dominus, Cláudio Neves.

Ele lembra também que as torres terão elevadores, captação de água da chuva, medidor de água individualizado e gás canalizado. Como é prevista uma área construída de 4 mil metros quadrados, o restante receberá um projeto paisagístico, assinado pelo arquiteto Sérgio Santana. "Esse é o nosso diferencial. A graça do condomínio é o paisagismo, por isso não aproveitamos todo o potencial do terreno para construção e preferimos deixar uma grande área verde. E a ideia é plantar árvores crescidas."

Detalhes que fazem a diferença
Cláudio Neves afirma que a construtora se preocupou com os detalhes de acabamento, apesar de ser um condomínio econômico. Portanto, os apartamentos terão piso em cerâmica, paredes do banheiro e cozinha revestidos até o teto. As áreas comuns de cada torre também terão piso de cerâmica, detalhes em granito e pintura. "Eu chamo de econômico por causa do preço. Mas não economizamos na qualidade", certifica o sócio-diretor. (JornalHojeemDia)

0 comentários:

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP