Pesquize em toda a Web

Expansão das casas geminadas

domingo, 29 de março de 2009

Construção de casas que dividem terreno tem sido opção da classe média na Grande BH e engenheiros que se especializaram neste modelo de imóvel comemoram venda garantida


Rosana Zica - Estado de Minas

As casas geminadas, convivendo num só terreno, ligadas uma à outra, já foram símbolo da arquitetura à beira-mar. Nos últimos anos, essas construções chegaram ao asfalto e realizam o sonho de moradia com jardins, espaço e mais qualidade de vida para famílias que vivem nas grandes cidades. O engenheiro eletricista Alexsander Ladeia Loiola e a esposa Gracielly Carla Santos Loiola se encaixam no perfil médio dos novos habitantes de casas geminadas. O casal e os filhos moravam num apartamento de 80 metros quadrados (m²) até três meses atrás, quando se mudaram para uma casa de 151 m² de área construída, com duas vagas na garagem, três banheiros, aquecimento solar e espaço para jardim, canil e viveiro. “Optamos pelo imóvel em função do conforto e da privacidade, que são maiores do que nos prédios, e das facilidades para cuidar. Além disso, uma casa individual custaria quase o dobro”, explica Loiola.
A procura por esse padrão de residência, segundo construtores, é maior fora de Belo Horizonte, em municípios da região metropolitana, como Betim, Contagem e Lagoa Santa. O construtor Cândido Antônio Rodrigues descobriu a nova vocação do mercado e canalizou todos os seus investimentos para a construção de casas geminadas.

Nos últimos oito anos, Rodrigues ergueu cerca de 40 construções de dois andares, todas em Contagem, a maioria localizada nos bairros mais procurados pela classe média, na parte antiga da cidade. Para ele, o fato de o município não ter cobrança de IPTU para imóvel residencial facilita a venda. A procura tem sido grande. “Nunca foi preciso financiar esse tipo de imóvel para os clientes, que pagam à vista, ainda na planta”, afirma.

Gladyston Rodrigues/AOCUBO FILMES - 4/2/09

Nunca foi preciso financiar esse tipo de imóvel para os clientes, que pagam à vista, ainda na planta Cândido Antônio Rodrigues,construtor


Para o melhor aproveitamento do espaço, Rodrigues adota o modelo de construção americano, sem muitas paredes, com dois pavimentos. No primeiro andar é feita sala conjugada, copa e lavabo. No andar superior são construídos três quartos, sendo um com suíte, e banho social. Na maioria dos projetos, o vão da escada é aproveitado para fazer um escritório.

As paredes são feitas com tijolos de cerâmica furados, que aumentam o rendimento na fase de alvenaria. Para otimizar o espaço, Cândido recua a construção em cinco metros e cria nos fundos do terreno as duas áreas de lazer, de 50 metros quadrados. “O ideal é quando dá para entregar o imóvel gramado, com churrasqueira, grade e interfone”. A escolha de portões de madeira, segundo o construtor, aumenta o aconchego e dá charme às casas.


DICAS

Quem quer construir casa geminada deve estar atento para não se embaraçar na burocracia. A construção das duas unidades deve ter projetos aprovados em conjunto na prefeitura, sendo necessária a elaboração de uma convenção de condomínio para a obtenção de registro definitivo, o que pode tornar o processo mais lento.


Atento ao filão das casas geminadas, o engenheiro Marcellus Bitencourt Firmo agora se dedica a esse padrão de construção. Ele chama a atenção para algumas especificidades da obra. “A criação de entradas independentes evita a necessidade de projetos de incêndio, que encarecem e burocratizam a construção”.

Especialistas normalmente adotam modelo americano para as obras, o que garante área de lazer e garagem

Os dois engenheiros recomendam, na hora da construção, alguns cuidados para aumentar a privacidade e reduzir o desconforto pela convivência com a parede comum. Rodrigues resolve o problema com corredores um de frente para o outro e escadas por trás da parede em comum. Firmo sugere a construção de paredes duplas, com tijolos de 9cm ou uso de peças de 14cm. A construção de muros altos separando as áreas de lazer também favorece a privacidade nas casas geminadas.

A opção por telhados individuais é outra medida para facilitar a manutenção do imóvel, respeitando a demanda e capacidade de investimento de cada morador. “O telhado com corte individual também é fundamental para dar mais individualidade às casas”.

1 comentários:

Daniela 2 de outubro de 2009 18:54  

Olá! Tenho interesse em aumentar a minha casa geminada. Gostaria de saber se vocês tem o contato do engenheiro Marcellus Bitencourt Firmo que comenta a reportagem "Expansão das casas geminadas". Aguardo retorno.
Daniela

Postar um comentário

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP